TCM mantém suspensa licitação para semáforos

Jornal Destak São Paulo

O TCM (Tribunal de Contas do Município) decidiu manter suspensa a licitação para a manutenção de semáforos na capital. A decisão foi tomada mesmo após a CET (Companhia de Engenharia de Tráfego) entregar, no início do mês, as respostas dos 11 questionamentos que haviam sido feitos pelo tribunal.

Para manter a suspensão, o conselheiro Edson Simões alegou insuficiência em quatro respostas dadas pela gestão João Doria (PSDB). Segundo ele, entre os itens pendentes de explicação mais conclusivas estão a definição sobre o objeto da licitação, além de falta de detalhes sobre o orçamento e como será pago.

Orçado em cerca de R$ 70 milhões, o pregão eletrônico para a manutenção dos equipamentos e infraestrutura do sistema de sinalização foi suspenso em abril.

O sistema semafórico atual da capital é motivo de diversas críticas em virtude de panes e apagões frequentes, principalmente em dias de chuvas fortes.

Outro lado

A CET informou estar prestando todos os esclarecimentos solicitados pelo TCM e afirmou que a atual gestão iniciou os trabalhos no dia 1º de janeiro sem contrato de manutenção de semáforos.

Matéria publicada no jornal Destak São Paulo.