orçamento

Prefeitura de São Paulo adia audiências públicas do Orçamento; datas dos eventos serão modificadas

Novo calendário será divulgado nos próximos dias pela Secretaria Municipal da Fazenda

As datas das audiências públicas para a discussão da Lei Orçamentária Anual de 2019 (LOA 2019) nas 32 Prefeituras Regionais, divulgadas nesta terça-feira (19/6) pela Prefeitura em seu site e na rede social, serão modificadas. O novo calendário será definido nos próximos dias e informado nos canais oficiais da Prefeitura e no Diário Oficial do Município.

Entidades discutem estratégias de atuação e incidência no orçamento 2019

Organizações da sociedade civil, movimentos sociais e coletivos se reuniram na última sexta-feira (26/3) para discutir estratégias de atuação e incidência sobre o orçamento 2019. O encontro foi realizado no Centro de Direitos Humanos e Educação Popular (CDHEP), no Campo Limpo, e reuniu entidades engajadas no combate às desigualdades na cidade de São Paulo, dentre elas a Rede Nossa São Paulo.

Participe do debate "Orçamento 2019: estratégias e atuação"

Pela inversão das prioridades no orçamento municipal de São Paulo!
Por mais investimentos nas periferias!
Pelo combate às desigualdades, às formas de violência e aos privilégios!

Grupos, coletivos, organizações e movimentos sociais promovem encontro para debater estratégias de atuação na construção e execução do orçamento público.

Tarifa de ônibus deve subir após redução de subsídio

Relator do orçamento de 2018 defendeu o reajuste pela inflação acumulada entre 2016 e 2017, o que levaria o preço da passagem municipal para R$ 4,15

FELIPE BLESA E RENATO GHELFI - DCI SP

A tarifa do ônibus pode subir, em 2018, para compensar a redução de R$ 900 milhões do subsídio municipal para o setor. A queda desse aporte público é um dos pontos da Lei Orçamentária Anual (LOA), aprovada durante a madrugada de ontem (19) na Câmara.

Orçamento de Doria fica em R$ 56 bilhões; ônibus terão R$ 2,1 bi

Oposição reclama que investimento previsto, de R$ 5,9 bilhões, não supre todas as áreas; gestão fala em visão ‘realista’

Adriana Ferraz e Luiz Fernando Toledo, O Estado de S. Paulo

A Câmara Municipal ainda aprovou o primeiro orçamento do prefeito João Doria (PSDB), fixado em R$ 56,3 bilhões para 2018. Ele prevê valor de investimento semelhante ao de 2017 - são R$ 5,9 bilhões. Mas só R$ 1,225 bilhão do previsto acabou executado (21% do total).

Orçamento 2018 é aprovado em 1ª votação

RAFAEL ITALIANI, DA REDAÇÃO - CÂMARA MUNICIPAL DE SÃO PAULO

O Plenário da Câmara Municipal de São Paulo aprovou, nesta quarta-feira (6/12), em primeira votação, o texto que prevê R$ 56,2 bilhões para o Orçamento da cidade no próximo ano. O resultado foi de 38 votos favoráveis e 11 contrários. Agora, os 55 gabinetes têm o prazo de duas Sessões Ordinárias para incluir emendas na versão que vai para a segunda votação.