são paulo

Nos 3 principais hospitais de SP, número de internações cai 17% em cinco anos

Houve menos 20 mil registros na soma de Hospital das Clínicas, Santa Casa e Hospital São Paulo; a explicação está na diminuição dos procedimentos eletivos (não urgentes), suspensos por falta de verba ou por readequação do serviço prestado

Fabiana Cambricoli e Felipe Resk, O Estado de S. Paulo

Prefeitura vai mapear nível de ruído na capital paulista

Dois “barulhômetros” serão instalados na capital paulista até o fim do ano – um no Largo da Batata, na Zona Oeste, e outro na região do Parque do Ibirapuera.

Os aparelhos vão indicar visualmente os níveis de ruído que estão ocorrendo na cidade, seguindo exemplo do que acontece com os medidores de poluição do ar.

Uma lei sancionada no ano passado pela prefeitura de São Paulo, mas ainda não regulamentada, prevê o mapeamento do barulho na capital.

Escolas no Estado de SP têm 3 agressões/dia

No primeiro semestre deste ano, foram registrados 548 boletins de ocorrência de ‘lesão corporal’, em unidades públicas e particulares

Luiz Fernando Toledo, O Estado de S. Paulo

SP registra 1 feminicídio a cada 4 dias; 63% das vítimas morrem em casa

ANGELA PINHO E JÚLIA BARBON - FOLHA DE S. PAULO

O Estado de São Paulo registra um caso de feminicídio a cada quatro dias, mostram dados da Secretaria da Segurança Pública obtidos pela Folha por meio da Lei de Acesso à Informação.

Os números se referem aos boletins de ocorrência do primeiro semestre de 2017, quando foram notificadas 46 ocorrências, e mostram um retrato inédito da implementação da legislação no Estado.

Latrocínios avançam 20%, e Estado de São Paulo contabiliza 237 casos no ano

ROGÉRIO PAGNAN - FOLHA DE S. PAULO

Os roubos seguidos de morte –os latrocínios– cresceram 20% nos primeiros sete meses deste ano no Estado de São Paulo, segundo dados divulgados pelo governo paulista na tarde desta sexta-feira (18).

Foram 237 casos registrados nos primeiros meses de 2017 (com 240 vítimas) contra os 198 registrados no mesmo período do ano passado –quando vitimaram 204 pessoas.

SP terá 60 ônibus elétricos ainda em 2017, diz secretário dos transportes

ANNA VIRGINIA BALLOUSSIER, ENVIADA ESPECIAL A SHENZHEN - FOLHA DE S. PAULO

Em 2008, a embaixada dos EUA na China instalou em seu teto um monitor para controlar a qualidade do ar de Pequim. A escala vai de zero ("satisfatório") a 500 ("todos podem sofrer graves de saúde"), e os resultados são postados de hora em hora no Twitter (@BeijingAir).

No dia 11/10/2010, quando o sistema cravou 562, o ar local foi definido como "crazy bad" (maluco de ruim) pelo perfil oficial, e seguidores popularizam o neologismo "arpocalipse".