sabesp

Justiça Federal suspende restrição no Cantareira

Pela segunda vez em cinco meses, a Justiça Federal suspendeu a liminar que restringia a retirada de água do Sistema Cantareira. A decisão do juiz Wilson Zauhy Filho, da 13.ª Vara Federal Cível em São Paulo, vale até o próximo dia 26, quando ocorrerá uma audiência de tentativa de conciliação sobre a operação do manancial em crise entre os Ministérios Públicos Estadual (MPE) e Federal (MPF), autores da ação, os órgãos gestores dos reservatórios e a Companhia de Saneamento Básico do Estado de São Paulo (Sabesp).

Após pedido do MP, Sabesp muda forma de calcular nível de água do Cantareira

Empresa agora informa a quantidade de água disponível no reservatório em relação ao total possível de ser armazenado.

Por Agência Brasil

A Companhia de Saneamento Básico do Estado de São Paulo (Sabesp) alterou hoje (17) a forma de calcular o nível de armazenamento do sistema Cantareira.

Em SP, canos centenários explicam alto desperdício de água

Por Fabrício Lobel

O envelhecimento dos canos (parte deles já centenários) é a principal causa de perdas de água nas tubulações da Sabesp. Na Grande SP, o desperdício com isso chega a 19,4% da água tratada.

Segundo a Sabesp, é impossível determinar com exatidão os pontos mais antigos das tubulações na capital. Antes da década de 30, quando técnicos instalavam e substituíam as tubulações, os registros eram feitos à mão, em pranchetas hoje perdidas.

Agência federal quer endurecer norma para uso do sistema Cantareira

Por Venceslau Borlina Filho

O governo federal, por meio da ANA (Agência Nacional de Águas), vai propor um novo método de operação do sistema Cantareira que poderá reduzir a quantidade de água retirada pela Sabesp para o abastecimento de parte da Grande São Paulo.

A proposta dá início às discussões sobre a renovação da outorga (autorização para captação de água) do Cantareira, que venceu em agosto passado e foi prorrogada até outubro deste ano.

A Sabesp tem até o dia 30 de abril para pedir a renovação da licença.

Contra crise, gestão Alckmin quer tratar água do rio Pinheiros

Por Fabrício Lobel

O governo paulista pretende tratar a água suja do rio Pinheiros para aproveitá-la no abastecimento da população.

A declaração foi feita pelo secretário de Recursos Hídricos, Benedito Braga, nesta segunda (9), ao programa "Roda Viva", da TV Cultura.

O tratamento seria feito no próprio curso do rio, entre as usinas de Traição e Pedreira, no limite com a represa Billings, zona sul de São Paulo.

PT propõe Emenda Constitucional para Sabesp 100% pública

Por Assembléia Legislativa de São Paulo

A prestação dos serviços diretamente, por meio de empresa com capital integralmente público, é a forma de garantir o direito ao saneamento básico a todos. Com esta premissa, o líder da Bancada do PT, deputado João Paulo Rillo, apresentou PEC - Proposta de Emenda Constitucional " no sentido que o Estado de São Paulo assegure condições para que a Sabesp tenha capital exclusivamente público.

Cantareira deixa posto de maior sistema de São Paulo

Pela 1ª vez desde 1973, Guarapiranga passa a fornecer mais água em SP; Com o agravamento da crise, volume de água tratada no Cantareira caiu de 33 mil litros por segundo para 14 mil.

Por Fabrício Lobel

Pela primeira vez desde a sua inauguração, em 1973, o Cantareira deixou de ser o sistema que fornece mais água para a Grande SP.