sabesp

Conta de água em SP vai subir 15,24% em junho

Agência reguladora autoriza reajuste extraordinário na tarifa da Sabesp por causa da crise hídrica, o maior desde 2003.

Por Fabio Leite

Sabesp negligenciou desperdício de água, afirma especialista japonês

Por FABIANO MAISONNAVE - da Folha de S. Paulo.

Por anos, a Sabesp deixou em segundo plano o combate ao desperdício de água na Grande São Paulo, o que poderia evitar a necessidade de buscar novas fontes na atual crise de abastecimento.

A avaliação, do especialista japonês Masahiro Shimomura, 61, é baseada nos seus três anos de trabalho como assessor do programa de redução de perdas de água da Sabesp em São Paulo.

Crise de abastecimento faz Sabesp antecipar obras de seu plano diretor

Por Fabrício Lobel

A atual crise de abastecimento na Grande SP levou o governo do Estado a adiantar a programação de obras previstas para 2035.

Os projetos que podem ser antecipados constam do plano diretor de abastecimento de água da metrópole, feito em 2005 pela Sabesp e revisto a cada dez anos. Um deles é considerado prioritário pela cúpula da estatal.

SP prevê corte de água para cidade em dívida com Sabesp

Por Fabrício Lobel

Diante da crise hídrica e do consequente aperto financeiro, a Sabesp prepara um plano para cobrar municípios em dívida com a empresa de água do governo de São Paulo.

O plano traça cinco passos para a cobrança, sendo que o último recurso é o corte do fornecimento de água para os municípios de Guarulhos, Mauá e Santo André, todos na Grande São Paulo.

Os sistemas de distribuição dessas cidades não são operados pela Sabesp, mas todas elas compram água por atacado da companhia paulista.

Sabesp reduz população atendida pelo Cantareira

Sistema que já abasteceu 8,8 mi agora serve 5,3 mi com manobra em represas; Entre as regiões que podem ter alternância no atendimento estão Ipiranga, Pinheiros e uma parte de Osasco.

Por Fabrício Lobel

No início da temporada mais seca, a Sabesp decidiu reduzir mais uma vez a população abastecida pelo sistema Cantareira, maior reservatório da Grande São Paulo.

O Cantareira, que já chegou a fornecer água para 8,8 milhões de pessoas, teve que diminuir sua área de atendimento devido à crise hídrica.

Sabesp freia investimento em esgoto e quer reajustar água acima de 13,8%

Estatal paulista vai reivindicar aumento de tarifa superior ao autorizado por agência a partir de abril; Gastos com esgoto vão cair de R$ 1,9 bilhão para R$ 843 milhões com justificativa de priorizar oferta hídrica.

Por Fabrício Lobel

Em meio à crise hídrica e à deterioração de suas finanças, a Sabesp tentará reajustar a conta de água dos consumidores acima dos 13,8% autorizados pela agência reguladora e reduzirá drasticamente os investimentos com coleta e tratamento de esgoto.

Com a crise, lucro da Sabesp cai pela metade e rodízio não está descartado

Valor de mercado baixou de R$ 18,1 bilhões para R$ 11,6 bilhões, conforme balanço de 2014; companhia informa ainda que, se estiagem continuar e reservatórios permanecerem reduzidos, não pode assegurar o fornecimento para toda a população.

Por Fabio Leite

Sabesp faz obra para garantir água em 626 pontos da Grande SP

Considerados ‘críticos’, locais não podem ficar desabastecidos porque abrigam hospitais, presídios e centros de hemodiálise.

Por Fabio Leite e Rafael Italiani

A Companhia de Saneamento Básico do Estado de São Paulo (Sabesp) está executando obras de ampliação da rede para garantir o abastecimento ininterrupto em 626 pontos da Grande São Paulo considerados “críticos”. São as áreas que não podem ficar sem água porque abrigam grandes hospitais, presídios e centros de hemodiálise.