gestão

Gestão Doria quer zerar em um mês fila de queixas de buracos pela cidade

GUILHERME SETO - FOLHA DE S. PAULO

A feirante Lúcia Alves, 50, dona de barraca de mel, cultiva relação duradoura com os buracos da rua Júlio Conceição, no Bom Retiro (centro).

Ela monta sua banca na via há mais de duas décadas, e ali já viu diferentes vítimas das fissuras no asfalto.

Por exemplo, os tornozelos torcidos das "tiazinhas, que saem com os joelhos ralados"; senhoras atropeladas depois que seus carrinhos enroscam nos buracos; e os pneus da sua combalida Parati cinza, que frequentemente precisam ser reparados.

Após demissão e denúncias na pasta do Verde, conselho de Doria se demite

ARTUR RODRIGUES - FOLHA DE S. PAULO

Cinco dos sete membros do conselho gestor da Secretaria do Verde e Meio Ambiente da gestão de João Doria (PSDB) resolveram nesta terça-feira (22) deixar o órgão em protesto contra a demissão do titular da pasta, Gilberto Natalini (PV).

O secretário, que foi demitido na semana passada, denunciou irregularidades no setor de compensações ambientais da pasta. Entre os fatores que teriam pesado na demissão, estão questões administrativa e, acertos políticos.

Escola municipal de São Paulo marca aluno para não repetir merenda

REGIANE SOARES, DO "AGORA"

Uma escola municipal da gestão João Doria (PSDB) está marcando os alunos que comem a merenda para que eles não repitam o lanche quando são servidos alimentos industrializados, como bebida láctea e bolachas.

Desde o início do mês, quando voltaram as aulas, os estudantes da Emef (Escola Municipal de Ensino Fundamental) João Amós Comenius, na Brasilândia (zona norte), recebem uma bolinha ou um risco na mão, feito com um canetão, quando se servem da merenda industrializada. Assim, eles não podem pegar mais.

Na saúde, gestão Doria quer extinguir 127 AMAs e fechar 50 UBSs

"Nós não fechamos nada, gente. Ainda", disse o secretário municipal de saúde durante audiência pública

Por Jéssica Lima - portal Catraca Livre

O secretário municipal da Saúde de São Paulo, Wilson Pollara, adiantou em audiência pública realizada na Câmara Municipal na última quarta-feira, 16, que deve fechar 50 UBSs (Unidades Básicas de Saúde) e todas as AMAs (Assistência Médica Ambulatorial).

Gestão Doria desrespeita lei Cidade Limpa em propaganda

Folha de S.Paulo

Em desrespeito à lei Cidade Limpa, a gestão do prefeito João Doria (PSDB) autorizou a instalação de 12 placas publicitárias na avenida Brasil (zona oeste), uma das vias mais importantes da cidade.

As placas foram colocadas ali para enaltecer o projeto Jardim Brasil, por meio do qual paisagistas e empresas bancaram a recuperação de canteiros da avenida.

Prefeitura reduz número de conselheiros participativos

Decreto corta mais da metade dos representantes da população nas prefeituras regionais, a partir da próxima eleição; Rede Nossa São Paulo lamenta a decisão, que contraria uma gestão moderna

Por Airton Goes, da Rede Nossa São Paulo

Doria negocia empréstimo de R$ 1 bi com BNDES para recapear ruas

Prefeito pediu dinheiro a presidente do banco para recapear 6 milhões de metros quadrados de asfalto em São Paulo

Bruno Ribeiro, Enviado especial à China

A gestão do prefeito João Doria (PSDB) negocia empréstimo de R$ 1 bilhão com o Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) para começar, ainda neste ano, um programa de recapeamento de 6 milhões de metros quadrados de asfalto nas ruas de São Paulo. Agentes do banco e da Prefeitura devem ter reuniões para decidir os termos do acordo na próxima semana. 

A lua de mel de João Doria com São Paulo acabou?

Apesar de o prefeito continuar fazendo sucesso nas redes sociais, reunindo 2,9 milhões de seguidores em sua página no Facebook, a aprovação do governo caiu

Por Camila Almeida, de EXAME

Se os primeiros 100 dias da gestão do prefeito João Doria em São Paulo foram de muito otimismo e de popularidade em alta, os 100 dias seguintes, completados na quarta-feira 19, deixaram claro que o buraco é mais fundo do que parecia.

Com programa 'Minha Casa' em crise, gestão Doria aposta em aluguel social

RAUL JUSTE LORES - FOLHA DE S. PAULO

A gestão João Doria (PSDB) prepara o lançamento, no mês que vem, de um programa alternativo ao Minha Casa, Minha Vida –que só tem encolhido desde o final de 2014.

Em vez da produção da "casa própria" em conjuntos habitacionais distantes, feitos em grande escala por empreiteiras, o plano é estimular a produção de unidades subsidiadas para aluguel em áreas centrais de São Paulo.