O papel da estatística na administração

 
 

 

Fonte: Zero Hora

Navegando na internet, é possível saber quantos analfabetos há em Angola, descobrir o número de desempregados na Índia ou conferir os índices de mortalidade infantil em Buenos Aires. Mas quantos filhos têm os seus vizinhos? Quantos desempregados existem na sua rua? O que a população de seu bairro mais precisa? São justamente essas informações que a população de Valência, capital do Estado de Carabobo, na Venezuela, está pesquisando.

- Queremos informações dos bairros, das favelas. Buscamos saber o que se passa no ambiente micro - detalha o economista Nelson Alfonso Sira Sanches, integrante da Oficina de Promoção e Assistência ao Cidadão e representante do município na conferência.

O levantamento ainda é restrito a um projeto piloto, que envolve cerca de 7 mil dos 900 mil habitantes. Mas a idéia é que se estenda por todas as nove regiões da cidade. Com base nas informações já colhidas, houve o diagnóstico dos problemas. Os dados sociais são cruzados com informações de satélite. O resultado é um mapa preciso e ainda incomum, pelo menos na América Latina.

- Damos visibilidade para atores sociais. Os levantamentos são feitos pela própria comunidade, que dispõe da confiança da população. A partir das informações, desenvolvemos programas ajustados à realidade da população.

O programa, chamado de Rede Observatório do Município de Valência, ainda não definiu a periodicidade com que os levantamentos serão realizados.

© 2000-2007 RBS Internet e Inovação - Todos os direitos reservados.

 

 


Veja mais Notícias