Fórum de Assistência Social denuncia atraso de repasses da Prefeitura de São Paulo

Documento relata que, de acordo com relatos, problema tem gerado atraso no pagamento de fornecedores e, até mesmo, de funcionários.

Por Airton Goes, Rede Nossa São Paulo

Um texto publicado no portal do Fórum de Assistência Social da Cidade de São Paulo - FAS/SP denuncia que a Prefeitura tem atrasado o pagamento dos repasses às entidades conveniadas. 

O documento informa que o Fórum tem recebido "uma enxurrada de relatos de entidades que até a presente data não receberam o repasse dos convênios, gerando atraso no pagamento de fornecedores e até mesmo de funcionários".

De acordo com o texto, esse atraso nos repasses provoca "prejuízo ao bom funcionamento dos serviços" prestados pelas entidades conveniadas.  

Em virtude da situação, o Fórum reforça o convite para os dirigentes de Organizações Sociais estarem presentes na próxima reunião da Executiva Ampliada, "independente de até lá o repasse ser normalizado". 

A reunião, que visa definir coletivamente "uma estratégia de ação, caso esse tipo de situação torne-se comum", será realizada na próxima sexta-feira (24/3), das 13h00 às 15h00, na sala Luiz Tenório de Lima, Na Câmara Municipal de São Paulo.

Confira abaixo a íntegra do documento divulgado pelo Fórum de Assistência Social da Cidade de São Paulo - FAS/SP:  

URGENTE! Atraso nos repasses dos convênios traz prejuízo ao bom funcionamento dos serviços.

Desde ontem (15/03/2017), tem chegado pelo e-mail do FAS (forum.assistê[email protected]), por mensagem na página do FAS no Facebook e também por mensagens nos perfis pessoais de alguns membros da executiva do fórum, uma enxurrada de relatos de entidades que até a presente data não receberam o repasse dos convênios, gerando atraso no pagamento de fornecedores e até mesmo de funcionários. A principio, uma vez que na plenária não houve relatos sobre atraso nos repasses, havia o entendimento que se tratava de casos pontuais, no entanto, após a quantidade de mensagens de dirigente de entidades e de trabalhadores ficou claro que não é questão isolada. Recebemos relatos da zona sul (especialmente Campo Limpo), Norte, Centro e de várias regiões da zona leste.

Diante disto a Executiva do FAS na pessoa do Coordenador Francis Lisboa enviou e-mail para a Secretária Sonia Francine e para vários de seus assessores (para não haver risco de dizer que não chegou) solicitando uma posição sobre a situação, veja o e-mail:
 

E outras medidas estão sendo estudadas, porém, cabe questionar: Onde está o COMAS numa hora dessas? É curioso que na hora de rejeitar um programa rosne valentia, porém, para defender milhares de trabalhadores prejudicados ficam em silencio absoluto. Sendo que a responsabilidade desse tipo de cobrança é do Conselho Municipal de Assistência Social - COMAS/SP, afinal é o órgão que fiscaliza a execução financeira do FMAS (Fundo Municipal de Assistência Social) ou não é verdade? O COMAS é o órgão jurídico de fiscalização, mas nesses momentos ninguém houve falar... COMAS hora de parar de fazer política partidária e trabalhar pela Assistência Social!!!

O FAS é um Fórum importante, mas nem personalidade jurídica possui, mas há anos acabamos conquistando muito mais que muitos órgãos oficiais, isso graças à adesão das pessoas, afinal a união faz a força!

Outra coisa importante é que a posição do FAS é coletiva, o FAS somos todos nós! 
Sendo assim fica o convite (independente de até lá o repasse ser normalizado) para os dirigentes de Organizações Sociais estarem presentes na próxima reunião da Executiva Ampliada para votarmos juntos estratégias de ação caso esse tipo de situação torne-se comum.
A reunião será na Câmara Municipal no dia:
 24/3, das 13h00 as 15h00 - SALA LUIZ TENÓRIO DE LIMA

Sem a adesão das entidades, ficará muito difícil fazer frente a essa situação! Por favor, faça chegar ao dirigente de sua entidade para que compareça ou mande alguém com poder de decisão para se manifestar em nome da entidade. 

Havendo alguma resposta de SMADS divulgaremos imediatamente.

E o que temos a informar sobre essa situação no momento.

COORDENAÇÃO EXECUTIVA 
FORUM DE ASSISTÊNCIA SOCIAL DA CIDADE DE SÃO PAULO - FAS/SP