Educação ambiental é tema de reunião na Câmara #ODS #Agenda2030

KÁTIA KAZEDANI, DA REDAÇÃO - CÂMARA MUNICIPAL DE SÃO PAULO

A Repea (Rede Paulista de Educação Ambiental) – criada para fortalecer a educação ambiental por meio da integração de pessoas e instituições que desenvolvam atividades nessa área – reuniu na terça-feira (6/2), na Câmara Municipal de São Paulo, representantes de diferentes movimentos para discutir a organização do 4º Encontro de Educadores Ambientais e os desafios para a conscientização da população sobre a preservação do meio ambiente.

Educador ambiental do Coletivo Jovem Albatroz, Rafael Monteiro afirmou que é importante diferenciar divulgação de educação.

“A educação é fundamental e ocorre por meio de um processo para que as pessoas tenham uma reflexão crítica sobre a tendência degradante que ocorre no meio ambiente. O nosso espaço tem como meta promover uma formação continuada de jovens e adultos para que eles possam ser cada vez mais multiplicadores de ações para a preservação de ambientes costeiros e marinhos”, disse.

A integrante da Rede ODS (Objetivos de Desenvolvimento Sustentável) e da Rede Nossa São Paulo, Nina Orlow, concordou com Monteiro e chamou a atenção para a necessidade de os políticos estarem envolvidos nesse processo. “As leis criadas e que são importantes para os cidadãos precisam ter como base a educação ambiental. A Câmara precisa ser educativa e discussões como essas são importantes para esse processo”, disse.

A integrante do Fórum de Sustentabilidade do Butantã, Angélica Oliveira, contou para os participantes quais são os principais desafios da capital paulista. “A cidade está defasada principalmente em relação à segurança alimentar. É fundamental estimular as práticas de hortas e de banco de alimentos”, disse.

Durante a reunião, os participantes deram início aos debates sobre a organização do 4º Encontro de Educadores Ambientais que deverá ocorrer no segundo semestre. A data e o local ainda serão definidos.

O vereador Natalini (PV) agradeceu aos participantes e colocou a Câmara à disposição dos grupos para promover a educação ambiental. “Acho fundamental a mobilização e a divulgação da Repea e do Encontro de Educadores Ambientais porque a educação é essencial para preservar o meio ambiente. Quando mais pessoas participam, atuam e discutem, mais rico fica o processo”, disse.

Durante a reunião, os participantes deram início aos debates sobre a organização do 4º Encontro de Educadores Ambientais que deverá ocorrer no segundo semestre. A data e o local ainda serão definidos.

O vereador Natalini (PV) agradeceu aos participantes e colocou a Câmara à disposição dos grupos para promover a educação ambiental. “Acho fundamental a mobilização e a divulgação da Repea e do Encontro de Educadores Ambientais porque a educação é essencial para preservar o meio ambiente. Quando mais pessoas participam, atuam e discutem, mais rico fica o processo”, disse.

Matéria publicada no portal da Câmara Municipal de São Paulo